TURISTA / MOTORISTA - 2010

Com edição do curador Fernando Oliva, o sexto Caderno parte de um embate: quem conduz e quem é conduzido, na arte, na cultura, na política, no dia a dia? O rearranjo, no panorama global, do peso simbólico da produção cultural brasileira é tema dos críticos Marcelo Rezende e Kiki Mazzucchelli, que partem, respectivamente, da obra do alagoano Jonathas de Andrade e do baiano Tuti Minervino. O cineasta tailandês Apichatpong Weerasethakul, ganhador da Palma de Ouro em Cannes em 2010, e o jornalista Alcino Leite Neto criam um roteiro em colaboração. O teórico Boris Groys reflete sobre arte, religião e propaganda em entrevista à artista Luiza Proença; seu ensaio Camaradas do tempo ganha edição em português. O crítico Zoran Terzic analisa a fricção entre “ser artista” e “ser político” em artigo sobre Joseph Beuys. O Caderno tem ainda intervenções artísticas e gráficas criadas pelos brasileiros Jonathas de Andrade e Roberto Winter, e pelo português Pedro Barateiro a partir do tema central.